(31) 3213-4423 / R. dos Guajajaras, 40, sala 605 [email protected]

Declaração de Imposto de renda 2019 – Documentação

Como já falamos em outro artigo, a declaração de imposto de renda é uma obrigação de muitos brasileiros e tem como objetivo principal a arrecadação de valores para investimento nos setores de educação, infraestrutura e para pagamento dos benefícios sociais. A não declaração do imposto de renda à Receita Federal (IRPF 2019) pode criar problemas como pagamento de multas.

As alíquotas de tributação do IRPF 2019 são proporcionais aos rendimentos do trabalhador brasileiro e o máximo pago pelo cidadão em imposto de renda é 27,5%. A declaração é feita anualmente e no site da Receita Federal você pode obter mais informações sobre o processo e a documentação para imposto de renda 2019.

Vamos agora listar a documentação para imposto de renda 2019 necessária:

  1. DOCUMENTOS PARA IDENTIFICAÇÃO

    • Documento oficial de identidade e CPF do declarante;
    • Documento oficial de identidade e CPF dos dependentes. O CPF já é obrigatório para dependentes não importa a idade;
    • Dados da conta bancária em que deve ser depositado o valor da restituição caso haja ou então debitado o valor das cotas de imposto a pagar;
    • Grau de parentesco dos dependentes e data de nascimento;
    • Endereço atualizado;
    • Informações sobre a atividade profissional exercida atualmente;
    • Cópia e número do recibo da última declaração de imposto de renda que foi entregue.
  2. DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS DE RENDIMENTOS

  • Informes de rendimentos de salários, pró-labore, aposentadorias, pensão, distribuição de lucros, etc.
  • Informes de rendimentos de bancos e outras instituições financeira, inclusive corretora de valores.
  • Informações e documentos de outras rendas recebidas no ano calendário 2018, tais como doações, heranças, dentre outras.
  • Resumo mensal de livro caixa com memória de cálculo do carnê-leão;
  • DARFs do carnê-leão.
  • Informes de rendimentos referentes a pagamentos de aluguéis e imóveis recebidos de jurídicas.
  • Informes de Rendimentos de Participações de programas fiscais (Nota Fiscal Paulista, Note do Milhão, dentre outros).
  1. DOCUMENTOS DEDUÇÕES

  • Informe de Pagamentos de Assistência médica, odontológica, Seguro Saúde discriminando individualmente o beneficiário e a fonte pagadora.
  • Informe de reembolsos de Assistência médica, odontológica, Seguro Saúde discriminando individualmente o beneficiário e a fonte pagadora.
  • Despesas médicas e odontológicas (notas fiscais, recibos e comprovantes de pagamentos) em geral discriminando individualmente o beneficiário e a fonte pagadora.
  • Informe de pagamento de despesas com instrução contendo a indicação do aluno.
  • Informes de pagamentos de previdência privada (PGBL).
  • Documentos relativos a doações efetuadas (inclusive Declaração Estadual entregue por ocasião de doação).
  • Relação de Contribuição Previdenciária Patronal e GIIL-RAT pagos no período de 01/01/2018 a 31/11/2018 referentes as competências 12/2017 a 11/2018 de empregada doméstica (apenas uma por declaração), contendo número NIT e CPF da empregada.
  • Recibos, notas fiscais ou informes de pagamentos efetuados de serviços tomados de pessoa física ou jurídica.
  1. DEMAIS DOCUMENTOS

  • Documentos comprobatórios de venda de bens e direitos.
  • Controles de compra e venda de ações.
  • DARFs de renda variável.
  • Informações e documentos de dívida e ônus contraídos ou pagos no período de 2018.
  • Caso tenha imóveis, deverá informar número de registro, matrícula, cadastro no IPTU. Tenha a escritura do imóvel ou estes dados em mãos.
  • Caso tenha veículos, precisará informar também o número do Renavam.
  • Relatório de receitas e despesas mensais decorrentes de atividade rural durante o ano de 2018.

Esperamos que esse artigo tenha ajudado a tirar suas dúvidas com relação a documentação para imposto de renda 2019. Boa sorte e muito obrigado.

Share This

Compartilhe!