(31) 3213-4423 / R. dos Guajajaras, 40, sala 605 [email protected]

Quero abrir uma empresa! E agora, como fazer? Se já se fez essa pergunta, você não está sozinho. Ter o negócio próprio é uma tendência que cresceu forte nos últimos anos no Brasil. Mais liberdade, bom potencial de rendimentos, fazer seu próprio horário, tomar as próprias decisões.

As vantagens são muitas, mas elas não vêm assim tão facilmente. A verdade é que para abrir uma empresa é uma caminhada com muitas colinas a serem escaladas. Mas você consegue chegar lá!

Neste artigo, vamos apresentar um passo a passo dos principais pontos que você precisa considerar no processo de abertura. Com essas dicas, seu negócio vai começar com o pé direito!

Conte com a ajuda de um contador

Isso pode parecer muito clichê. Mas, sendo honesto, mesmo depois de você abrir seu CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) e estar cadastrado na Previdência Social, ainda terá diversas licenças e registros municipais e estaduais para dar conta e, com isso, abrir as portas. Além disso, cada tipo de atividade tem suas normas específicas, e isso também deve ser levado em conta.

Assim, o contador vai ser o profissional que vai guiar você nessa jornada, não só para abrir, mas também para ajudá-lo a gerenciar a contabilidade da empresa. Ele vai garantir que seu negócio funcione dentro da lei. Uma empresa de contabilidade vai auxiliar os próximos passos.

Elabore o contrato social

O contrato social tem por objetivo definir a participação de capital de cada um dos sócios da nova empresa, além de informar detalhes sobre as atividades do negócio e seu funcionamento.

Para elaborar seu contrato social, você vai precisar verificar se o nome e objeto social da empresa estão disponíveis para redigir o documento, que deverá ser reconhecido em cartório e contar com a assinatura de um advogado.

Faz parte dessa etapa estudar o melhor regime tributário para a empresa, uma vez que uma boa decisão aqui pode ajudá-lo a reduzir custos com tributos e ainda simplificar o pagamento de impostos. Por isso, é importante avaliar se sua empresa se enquadrará no Simples Nacional.

Faça o registro na Junta Comercial

Para sua empresa ser criada oficialmente, é preciso fazer o registro na Junta Comercial ou no Cartório de Pessoas Jurídicas. Isso é feito ainda antes de solicitar o CNPJ. Esse registro não autoriza seu negócio a funcionar, mas é essencial para seguir com o processo de abertura.

Solicite o alvará de localização e funcionamento

No âmbito municipal, será necessário solicitar o alvará de funcionamento, que é uma autorização que permite à sua empresa abrir as portas. As exigências do município variam de uma prefeitura para outra, além do ramo de atividade do negócio. Por exemplo, é necessário verificar se a sua atividade pode ser exercida no local onde você vai abrir a empresa.

Faça a inscrição estadual

A inscrição estadual é solicitada pela internet e normalmente vem junto com o CNPJ. Além disso, pode haver casos em que será necessário obter a inscrição estadual ainda antes do alvará de funcionamento. Para setores comerciais, industriais e de serviços de transporte, por exemplo, o documento é obrigatório.

Informe-se sobre demais licenças

Para funcionar, dependendo do seu ramo de atuação, serão necessárias diversas licenças e inscrições em diferentes órgãos municipais e estaduais. Alguns deles são:

  • alvará do Corpo de Bombeiros;
  • licença sanitária;
  • licença ambiental.

Com a devida organização e persistência, você vai conseguir abrir sua empresa. Lembre-se de que contar com profissionais habilitados para dar auxílio na parte burocrática reduz o tempo do processo e contribui para o êxito do seu empreendimento. Nessa parte, conte com a Empresarial SC. Nossos especialistas estão prontos para dar o suporte necessário.

Quer saber mais sobre nossos serviços de assessoria e gestão? Entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Share This

Compartilhe!