(31) 3213-4423 / R. dos Guajajaras, 40, sala 605 [email protected]
O terceiro lote da restituição imposto de renda deste ano será pago em 15 de agosto pela Receita Federal. O valor da restituição do imposto de renda será pago a quem enviou a declaração do imposto de renda nos primeiros dias do prazo de entrega, sem pendencias, e não fez retificações. Isto porque os lotes da restituição do imposto de renda são pagos de acordo com a data de envio da declaração do imposto de renda. Ou seja, quem mandou antes, recebe antes.

Mesmo quem enviou a declaração nos últimos dias também irá receber a restituição e o valor a que você tem direito será corrigido pela variação da taxa SELIC, pelo período que você esperar, e sem impostos.

Receita Federal – Restituição IRPF

Abaixo segue a data de pagamento de cada um dos próximos seis lotes que estão programados pela Receita Federal para você já começar a contar os dias para o dinheiro cair na sua conta. Veja as datas:

  • 3º Lote – 15 de agosto
  • 4º Lote – 16 de setembro
  • 5º Lote – 15 de outubro
  • 6º Lote – 18 de novembro
  • 7º Lote – 16 de dezembro

Como consultar sua restituição – Imposto de Renda

Você pode consultar o status e o valor da sua restituição, se tiver dinheiro a receber, no site da Receita Federal. Basta preencher o seu CPF, data de nascimento e o ano da sua declaração que você deseja consultar. Também é possível consultar a restituição pelo ReceitaFone, no número 146.

A restituição imposto de renda ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer o pedido pela Internet, mediante o Formulário Eletrônico (Pedido de Pagamento de Restituição), ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

O total de 3.164.229 contribuintes receberão a restituição imposto de renda. Dessas pessoas, 15.489 são idosos acima de 80 anos, 197.895 têm entre 60 e 79 anos e 24.793 são contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, segundo a Receita.

Correção restituição imposto de renda

O valor da restituição imposto de renda é corrigido pela SELIC, mas, após cair na conta, não recebe nenhuma atualização. A correção para a restituição imposto de renda 2019 é de 2,01%. Para restituições de anos anteriores, a correção vai de 8,17% (correspondente a 2018) a 110,29% (correspondente a 2008).

Caso tenha direito a restituição imposto de renda e o valor não tenha sido creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agencia do Banco do Brasil ou ligar para a central de atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Um dos poucos critérios previstos em lei para ordenar o pagamento da restituição imposto de renda é o que estabelece a prioridade para contribuintes com mais de 60 anos de idade. E, entre os idosos, aqueles com mais de 80 anos possuem preferência especial no pagamento sobre os demais.

Ainda com dúvidas sobre a restituição imposto de renda? Entre em contato com o nosso escritório de contabilidade para mais informações.

Share This

Compartilhe!